Roteiros Culturais em Campo Grande

      A cultura em Campo Grande é marcada pela diversidade de costumes, música e gastronomia e reflete traços culturais singulares devido à herança deixada pelos índios e diversas raças, como a europeia, sírio-libanesa, japonesa, paraguaia, boliviana e pelos migrantes oriundos de outros Estados que aqui se radicaram. Creditos: Wikipédia e SEDESC (PMCG)


Casa do Artesão

Descrição: O imóvel, situado na confluência das avenidas Afonso Pena e Calógeras, foi concebido pelo construtor Francisco Cetaro para utilização residencial e comercial. Na década de 1920 sediou a primeira agência do Banco do Brasil na cidade e posteriormente, de 1939 a 1974, o imóvel da Exatoria Estadual. Em 1975, o Governo do Estado de Mato Grosso inaugurou no local a Casa do Artesão. Em 1988, teve início um processo de revitalização de seus espaços e restauração de sua fachada para a reinauguração da Casa do Artesão, em setembro de 1990. O local integra o patrimônio histórico cultural pelo decreto estadual n.7.863, de 13 de junho de 1994.

Objetivo: A Casa do Atesão de Campo Grande tem como finalidade a divulgação e comercialização do artesanato regional, desde licores de diversos sabores até peças indígenas feitas pelos próprios índios da região, peças em argila retratando a fauna pantaneira, imagens sacras e artefatos produzidos pelos índios do estado.

Localização: Av. Afonso Pena, nº 2050

Informações: (67) 3383-2633

Atendimento: Segunda-feira a Sexta-feira às 08h e às 18h / Sábado às 08h às 12h.

Fotos:

 

 Estação Ferroviária

Descrição: Descrição: Inaugurada oficialmente no dia 14 de outubro de 1914, compreende a Estação de Ferro Noroeste Brasil – NOB – e os prédios que a circundam. Com sua arquitetura industrial de influência inglesa, é uma das poucas cujas características originais ainda se mantêm no Brasil. A Estação Ferroviária foi a leilão no dia 05 de março de 1996, passando então à administração da empresa Noel Group, que assumiu no dia 1º de julho de 1996. Após a privatização, foi desativado o trem de passageiros. Créditos: Brasilviagem.com.

Localização: Av. Calógeras - Esplanada da Ferrovia

Fotos:


Memorial da Cultura Indígena

Descrição: Um dos mais recentes pontos de atração da cidade é o Memorial da Cultura Indígena, construído na aldeia indígena que abriga cerca de uma centena de famílias, no loteamento Marçal de Souza. Local de exposição e comercialização de produtos artesanais, o conjunto do Memorial é formado por duas grandes ocas onde foi utilizado material renovável, com palha de Bacuri.

Localização: Rua Terena, s/n - B. Manoel de Souza

Informações: (67) 3314-3544

Atendimento: diariamente, das 08h às 18h.

Fotos:


Morada dos Baís

Descrição: Um dos primeiros sobrados edificados em alvenaria na cidade foi a Morada dos Baís, construída entre 1913 e 1918 para residência da família de Bernardo Franco Baís. Após sua morte, o prédio foi utilizado para hotelaria, a partir da década de 1940 quando ali foi instalada uma pensão administrativa por Nominando Pimentel, razão pela qual o local passou a ser conhecido como Pensão Pimentel. Em 1947 um incêndio consome o madeiramento de cobertura o piso original do Prédio. No final da década de 1970 deixa de ser pensão e passa a ser utilizado para diversas atividades comerciais. Suas instalações foram consideradas patrimônio histórico do município pelo decreto de tombamento nº 5.390, de 4 de junho de 1986 e a então Pensão Pimentel foi mais tarde, incorporada á Municipalidade, em permuta com os herdeiros. No processo de restauração, em 1994, foram recuperados afrescos pintados em paredes internas do prédio, por Lídia Baís, filha de Bernardo Franco Baís. Em 1995, sob a denominação de Morada dos Baís o local foi aberto ao público com a proposta de se tornar um novo espaço cultural para a Capital. Situada no centro da cidade, na esquina da Avenida Afonso Pena com a Avenida Noroeste, dispõe de setores de informação e exposições mantidos pela Fundac, Sebrae e universidades.

Localização: Avenida Noroeste, 5.140.

Informações: (67) 3324-5830

Atendimento: terça-feira à sábado, das 08h às 19h; domingo, das 09 às 12h.

Fotos:

SEDESC

 

Bem vindo ao Cerrado

bemvindo

Seja bem vindo ao Cerrado Hotel. Contamos com confortáveis apartamentos especialmente projetados para proporcionar a você uma permanência agradável e satisfatória, a uma tarifa reduzida se comparada aos meios de hospedagem do mesmo padrão.

Sobre Nós

sobrenos

Idealizado inicialmente para oferecer suporte à Santa Casa e clínicas da região, o Cerrado Hotel conta hoje com diversos convênios firmados com empresas e associações, prestando contribuição a diversos seguimentos empresariais e turistas de todo o país.

Localização?

local

No centro comercial de Campo Grande, o Cerrado Hotel encontra-se localizado à 50 metros da Santa Casa de Misericórdia e está  próximo aos mais diversos pontos de interresse da Capital do Mato Grosso do Sul, oportunizando-lhe acesso fácil e rápido ao seu destino.

top